quarta-feira, 4 de maio de 2011

Por que não guardamos o Sábado?

Texto tirado de um estudo Bíblico da Bíblia de estudo Pentecostal.


O Sábado semanal (Grego: Sabbaton, que significa "Repouso", "Cessação") era o sétimo dia da semana, separado pela lei de Moisés como o dia de descanso do trabalho normal, para repouso pessoal e adoração ao Senhor.


"Mas o sétimo dia é o sábado dedicado ao Senhor, o teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teus filhos ou filhas, nem teus servos ou servas, nem teus animais, nem os estrangeiros que morarem em tuas cidades". (Êxodo. 20.10)

Para o cristão, o sábado judaico já não é obrigatório. As exigências cerimoniais da lei foram canceladas na morte de Cristo.

Há quem considere um dia mais sagrado que outro; há quem considere iguais todos os dias. Cada um deve estar plenamente convicto em sua própria mente.
Aquele que considera um dia como especial, para o Senhor assim o faz. Aquele que come carne, come para o Senhor, pois dá graças a Deus; e aquele que se abstém, para o Senhor se abstém, e dá graças a Deus. (Romanos 14.5,6)
Além disso, o sábado como dia fixo semanal de descanso foi parte do pacto entre DEUS e Isaque, somente.
"Diga aos israelitas que guardem os meus sábados. Isso será um sinal entre mim e vocês, geração após geração, a fim de que saibam que eu sou o Senhor, que os santifica.
"Guardem o sábado, pois para vocês é santo. Aquele que o profanar terá que ser executado; quem fizer algum trabalho nesse dia será eliminado do meio do seu povo.
Em seis dias qualquer trabalho poderá ser feito, mas o sétimo dia é o sábado, o dia de descanso, consagrado ao Senhor. Quem fizer algum trabalho no sábado terá que ser executado.
Os israelitas terão que guardar o sábado, eles e os seus descendentes, como uma aliança perpétua.


Isso será um sinal perpétuo entre mim e os israelitas, pois em seis dias o Senhor fez os céus 

e a terra, e no sétimo dia ele não trabalhou e descansou".
(Êxodo 31.13,17)

Os cristãos observam o domingo como dia de repouso pessoal e adoração ao Senhor.
É o dia em que Jesus ressurgiu dentre os mortos, sendo chamado no Novo Testamento de "O dia do Senhor". Uma vez que o cristão não é mais obrigado a observar o sábado judaico, ele tem fortes razões bíblicas para dedicar um dia, em sete para seu repouso e adoração a DEUS.
O princípio de um dia sagrado de repouso foi instituído antes da lei judaica.
Abençoou Deus o sétimo dia e o santificou, porque nele descansou de toda a obra que realizara na criação. (Gêneses 2.3)
Isto indica que o propósito divino é que um dia, em sete, fosse uma fonte de benção para toda a humanidade e não apenas para a raça judaica.
O propósito espiritual de um dia de descanso em sete é benefício do cristão. No Antigo Testamento esse dia era visto como uma cessação do labor e ao mesmo tempo um dia dedicado a Deus; um período para se conhecer melhor a Deus e adorá-lo; uma oportunidade para dedicar-se em casa e em público as coisas de Deus.
Esses pães serão colocados regularmente perante o Senhor, cada sábado, em nome dos israelitas, como aliança perpétua. (Levítico 24.8)
Assim como o sábado era um sinal de concerto de Israel como povo de Deus, o dia de adoração do cristão (o domingo) é um sinal de este pertence a cristo.
Jesus nunca anulou o princípio de um dia de descanso para o homem.O que ele reprovou foi o abuso dos líderes judaicos quanto a guarda do sábado.
Certo sábado Jesus estava ensinando numa das sinagogas,
e ali estava uma mulher que tinha um espírito que a mantinha doente havia dezoito anos. Ela andava encurvada e de forma alguma podia endireitar-se.
Ao vê-la, Jesus chamou-a à frente e lhe disse: "Mulher, você está livre da sua doença".
Então lhe impôs as mãos; e imediatamente ela se endireitou, e louvava a Deus.
Indignado porque Jesus havia curado no sábado, o dirigente da sinagoga disse ao povo: "Há seis dias em que se deve trabalhar. Venham para ser curados nesses dias, e não no sábado".
O Senhor lhe respondeu: "Hipócritas! Cada um de vocês não desamarra no sábado o seu boi ou jumento do estábulo e o leva dali para dar-lhe água?
Então, esta mulher, uma filha de Abraão a quem Satanás mantinha presa por dezoito longos anos, não deveria no dia de sábado ser libertada daquilo que a prendia? "
Tendo dito isso, todos os seus oponentes ficaram envergonhados, mas o povo se alegrava com todas as maravilhas que ele estava fazendo.
Jesus indica que o dia de descanso semanal foi dado por Deus para o bem-estar espiritual e físico do homem.
Nos tempos do Novo Testamento os cristãos dedicavam um dia especial, o primeiro dia da semana, para adorar a Deus e comemorar a ressurreição de Cristo.
No primeiro dia da semana reunimo-nos para partir o pão, e Paulo falou ao povo. Pretendendo partir no dia seguinte, continuou falando até à meia-noite. (Atos 20.7)
No primeiro dia da semana, cada um de vocês separe uma quantia, de acordo com a sua renda, reservando-a para que não seja preciso fazer coletas quando eu chegar. (1 Coríntios 16.2)

Espero ter ajudado.
God Bless you.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 comentários:

Tayná disse...

Muito bom o texto.Esses dias eu estava com uma certa dúvida sobre isso...Que Deus te Abençoe
bjs..XD

Angélica Lenza disse...

Gostei muito do texto.. e do Blog também!
Estou te seguindo!!
Que Deus o ilumine sempre!!

Ana Claudia disse...

Que bom que pude ajudá-las irmãs! :D

Mto obrigada pelos comentários!

Deus abençoe vocês :D

Ellen disse...

Oi irma! gostei do teu blog também! estou te seguindo! akspeoraselrkpaoserkaos faz tempo ein... boa ideia de fazer esse post! bjus. até de noite

Ana Claudia disse...

aoskaospkaspoaks Você é veterana aqui :D

Vlw friend *-*

Até :*

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, comente!
O seu comentário é muito importante!